Weby shortcut
Youtubeplay

Projetos de Pesquisa Concluídos

Updated at 03/03/18 16:27 .

 

  • Diagnóstico e Análise Multisetorial da Qualidade de Serviços Ofertados na Região Metropolitana de Goiânia - GO
    • Coordenador(a): Júlio Cesar Valandro Soares
    • Data de Início: 12/03/2015
    • Data de Finalização: 31/12/2017
    • Grande Área: Engenharias; Gerência de Produção
    • Área/Especialidade: Engenharia de Produção; Garantia de Controle de Qualidade
    • Participantes/Servidores (UFG): Júlio Cesar Valandro Soares; Agenor Sousa Santos Neto
    • Participantes/Estudantes internos: Amanda Mendonça de Oliveria; Brenda Junqueira Ferreira; Mayara Alves de Souza; Nathalia Cristhyna Rodrigues; Vinícius de Faria Paula; Vitória Barros Brandão
    • Resumo: Diversos estudos têm destacado a importância do setor de serviços na economia nacional e estadual como gerador de emprego e renda. Embora não se tenha dados precisos, em termos de Goiânia e região metropolitana acerca deste indicador, acredita-se que os números devem apresentar o mesmo perfil, e isto, de certa maneira, justifica esforços de estudos a serem empreendidos e direcionados ao mesmo. Ao observar as características dos serviços apresentadas por Kotler (2000), de intangibilidade, inseparabilidade, variabilidade e perecibilidade, se verifica que o processo de gestão de serviços se configura numa atividade complexa e delicada, o que exige competências aguçadas e especiais por parte das organizações que atuam, sobretudo em cenários competitivos e turbulentos como o atual. Neste sentido, o presente estudo tem por objetivo avaliar a qualidade de serviços oferecidos e prestados na região metropolitana de Goiânia - GO, considerando setores específicos e respectivas peculiaridades, tomando como referência escalas já desenvolvidas e validadas anteriormente. Nesta perspectiva, numa primeira fase desse projeto serão explorados os setores referentes a serviços de saúde, transporte público e alimentação, considerando o contexto de Aparecida de Goiânia - GO.

 

  • Estudo Sobre Aplicação do Conceito de Green Supply Chain no Brasil na Indústria da Região Metropolitana de Goiânia
    • Coordenador(a): Maico Roris Severino
    • Data de Início: 01/03/2016
    • Data de Finalização: 31/08/2017
    • Grande Área: Engenharias; Gerência de Produção
    • Área/Especialidade: Engenharia de Produção; Suprimentos
    • Participantes/Servidores (UFG): Maico Roris Severino
    • Participantes/Estudantes internos: Arthur Daniel Candido Pinheiro; Cesar Lucas Caetano de Abreu; João Batista de Lima Filho; Juliana Pires Ferreira; Rady Junior Aparecido Ribeiro
    • Resumo: Uma demanda latente para área de gestão de operações é como tornar os sistemas de produção mais sustentáveis. Uma dos conceitos recentes que busca esta proximidade do ambiente produtivo às questões de sustentabilidade é o Green Supply Chain Management (GSCM). O GSCM é um conceito que abrange práticas sustentáveis desde a extração de matéria prima, passando por todo processo produtivo, chegando ao cliente final, e destinação correta pós-consumo. Por ser um tema contemporâneo, ainda existem poucos trabalhos na área, e uma escassez de pesquisas analisando casos da indústria brasileira. Durante pesquisas anteriores observou-se que a implementação em cada setor produtivo deve ser customizada analisando a especificidade de cada um. Desta forma, este projeto de pesquisa tem como objetivo geral realizar um estudo aprofundado a aplicação dos conceitos de GSCM pela indústria da região metropolitana de Goiânia. Para tanto, como metodologia de pesquisa utilizará o procedimento teórico-empírico por meio do uso de pesquisa bibliográficas, pesquisa survey, construção de modelos e estudos de casos. Como resultado da pesquisa espera-se construir referenciais sólidos e análises que contribuam para a replicação deste estudo em outras realidades e fortalecer a implantação do GSCM nas cadeias produtivas brasileiras.

 

  • Leituras do Brasil Dezenovesco: Sociedade e Escravidão em Machado de Assis
    • Coordenador(a): Murilo Chaves Vilarinho
    • Data de Início: 11/11/2016
    • Data de Finalização: 11/11/2017
    • Grande Área: Ciências Humanas; Outras Sociologias Específicas
    • Área/Especialidade: Sociologia; Outras Sociologias Específicas
    • Participantes/Servidores (UFG): Murilo Chaves Vilarinho
    • Resumo: O projeto objetiva estudar a sociedade brasileira do século XIX por meio da literatura de Machado de Assis. O escritor carioca, um cânone da literatura brasileira romântica e realista, produziu romances, crônicas e contos capazes de fornecer informações ricas para a pesquisa social. Desse modo, em termos bibliográficos, o campo da Sociologia da Literatura, representado pelo pensamento de intelectuais como Antônio Cândido e Terry Eagleton, fornecerá as epistemologias para as análises as quais considerarão como objetos a escravidão e o cotidiano social do Segundo Império. Machado de Assis evidentemente foi um dos leitores do Brasil dezenovesco e, por conseguinte, seus escritos literários, fontes de memórias do passado do povo brasileiro, podem corroborar, de modo substancial, entendimentos sobre a brasilidade. O projeto é importante e multidisciplinar. Esse faz uso de concepções literárias, sociológicas, históricas e filosóficas priorizando o estudo social do país em momento singular, quando a escravidão ainda era realidade. Foi Machado de Assis um espectador de seu tempo e de seu país. Seus escritos são recursos elementares para a pesquisa nas ciências sociais.

 

  • Proposição, Desenvolvimento e Validação de Escalas para Avaliação da Qualidade em Serviços - Estudos Multisetoriais na Região Metropolitana de Goiânia - GO
    • Coordenador(a): Júlio Cesar Valandro Soares
    • Data de Início: 12/02/2015
    • Data de Finalização: 31/12/2017
    • Grande Área: Engenharias; Gerência de Produção
    • Área/Especialidade: Engenharia de Produção; Garantia de Controle de Qualidade
    • Participantes/Servidores (UFG): Júlio Cesar Valandro Soares; Agenor Sousa Santos Neto
    • Participantes/Estudantes internos: Amanda Mendonça de Oliveria; Gabriel Vitor Sousa Dias; Lorrany Guilherme Santos; Mayara Alves de Souza; Nathalia Cristhyna Rodrigues; Victor Augusto Guedes Silva; Vinícius de Faria Paula; Vitor Nicomedes de Paula; Vitória Barros Brandão
    • Participantes/Externos: Maria Cristina Afonso
    • Resumo: Diversos estudos têm destacado a importância do setor de serviços na economia nacional e estadual como gerador de emprego e renda. Embora não se tenha dados precisos, em termos de Goiânia e região metropolitana acerca deste indicador, acredita-se que os números devem apresentar o mesmo perfil, e isto, de certa maneira, justifica esforços de estudos a serem empreendidos e direcionados ao mesmo. Talvez como decorrência desta realidade posta, e possivelmente de outros fatores como o acirramento concorrencial e a maior exigência por parte de mercados e da sociedade em geral por serviços que atendam suas expectativas, as organizações passaram a manifestar preocupações quanto à oferta de produtos e serviços com melhores patamares de qualidade, embora o conceito de qualidade e satisfação de clientes seja objeto de discussões e polêmicas acadêmicas. Trata-se, portanto, de uma noção em disputa. Semelhantemente às questões conceituais, a mensuração e avaliação da qualidade e satisfação de clientes tem sido objeto de discussões e celeumas no contexto das discussões acadêmicas, sendo que a literatura que trata desse tema tem protagonizado diferentes formas de medir e avaliar essas noções, denotando diferenças a esse respeito. A partir destas considerações, o presente estudo tem por objetivo estruturar, testar e buscar validar escalas (instrumentos de pesquisa) voltadas a mensurar e avaliar a qualidade de serviços de saúde e transporte público, assim como a satisfação de clientes (usuários) desses serviços, considerando as peculiaridades do contexto pesquisado.

 

  • Redução de Custos Através do Gerenciamento de Energia Elétrica e Eficiência Energética
    • Coordenador(a): Fernando Nunes Belchior
    • Data de Início: 01/04/2016
    • Data de Finalização: 31/08/2020
    • Grande Área: Engenharias
    • Sub-Áreas: Sistemas Elétricos de Potência; Engenharia Econômica
    • Área/Especialidade: Engenharia Elétrica; Medição Controle, Correção e Proteção de Sistemas Elétricos; Engenharia de Produção; Análise de Custos
    • Participantes/Servidores (UFG): Hebert Roberto da Silva; Waleska de Fátima Monteiro
    • Participantes/Estudantes internos: Victor Augusto Guedes Silva
    • Resumo: A evolução do consumo de energia elétrica, as dificuldades crescentes para atender à demanda, o elevado custo das alternativas de suprimento, o impacto de novas plantas geradoras ao meio ambiente e a necessidade de as empresas inserirem-se em um mundo globalizado e competitivo, requerem uso otimizado dos recursos. Muitas empresas, principalmente as pequenas e médias, têm dificuldade em conceber a gestão energética como uma prática gerencial com caráter decisivo para as diretrizes do planejamento estratégico. Os problemas enfrentados pelo sistema elétrico brasileiro podem ser minimizados por meio do uso eficiente dos recursos energéticos disponíveis. As universidades devem contribuir significativamente para esse objetivo, tanto com o ensino, quanto com medidas que permitam o uso eficiente de energia em suas próprias instalações e em indústrias por elas orientadas. Iniciou-se uma maior atenção com a relação entre à energia consumida e o produto final, desta forma reforça-se a necessidade de um modelo de gestão energética para este setor, que vise o acompanhamento da utilização da energia de forma racional e eficiente. Este projeto de pesquisa visa apresentar medidas de baixo custo, geralmente desconhecidas, na gestão energética da UFG, campus Aparecida de Goiânia, quantificando o seu benefício econômico. A metodologia é baseada na minimização do faturamento de energia elétrica, sendo cada medida a ser adotada responsável por reduzir uma parcela deste.